top of page
Buscar

Como incentivar seu filho na preparação para o vestibular

Chegou o momento da preparação para o vestibular e essa fase pode ser bastante tensa, deixando os estudantes à flor da pele! Mas nada de pânico: existem maneiras de melhorar um pouco a ansiedade dos vestibulandos e de os pais incentivarem seus filhos com algumas atitudes simples. Quer saber quais são elas? Confira!

Cuidado com as cobranças na preparação para o vestibular

Sim, nós sabemos bem que os pais desejam que seus filhos levem os estudos a sério para tirar boas notas e conquistar uma vaga naquele vestibular super concorrido. Mas é preciso ter cuidado, já que o excesso de cobrança pode ser um grande vilão na história!

Não é difícil encontrar estudantes que se sintam pressionados a seguir uma carreira específica ou percam noites de sono estudando apenas para agradar os pais. O que os responsáveis não fazem ideia é o efeito negativo que isso pode causar na saúde mental do adolescente. Ao ser cobrado dia após dia, ele pode perder o interesse nos estudos, não se concentrar da melhor forma durante a revisão da matéria e até mesmo cometer erros simples na resolução de exercícios!

Por isso, muito cuidado com as palavras, combinado? Tenha diálogos não agressivos ou com falas que podem desencadear um resultado negativo. A cobrança faz parte do processo, mas a maioria dos estudantes sabe da importância desse momento para a vida.

A empatia leva mais longe na preparação para o vestibular

A pressão na cabeça do jovem que está se preparando para o vestibular vem de todos os lados: com os professores lembrando que as provas estão se aproximando, com os colegas que falam sobre o assunto sem parar, com os pais que querem o melhor para seus filhos, com a concorrência para entrar em uma universidade e, claro, com eles mesmos, que desejam passar por esse processo com muito sucesso.

É fato que muitos estudantes passam por diversas questões psicológicas durante esse processo, como a falta de autoconfiança, a diminuição perante os colegas, a desmotivação, o medo de encarar uma nova etapa da vida. Esse período pode ser mesmo assustador para um jovem.

Sendo assim, os pais e responsáveis precisam ser como um porto seguro para os adolescentes, estando disponíveis para ouvir seus desabafos e dar conselhos que os motivem a continuar nessa preparação para o vestibular da forma mais saudável possível.

Incentive seu filho a organizar um ambiente de estudo

Um cômodo bagunçado pode atrapalhar bastante o desempenho dos jovens enquanto estudam em casa. Que tal criar um lugar organizado e definido para que seu filho possa usar durante a preparação para o vestibular?

Escolha onde será esse local e tente deixá-lo o mais confortável possível: uma cadeira ergonômica, iluminação adequada e boa circulação de ar criam o ambiente perfeito para que o seu filho se concentre com mais facilidade nas matérias.

Além disso, ter um ambiente com foco no estudo, e que não seja usado para nenhuma outra ação, pode ter um grande impacto positivo no psicológico do seu filho. Ao separar a sala de estudos do quarto, por exemplo, seu cérebro entende a hora de focar na preparação para o vestibular e a hora de descansar com mais facilidade, fazendo com que o estudo renda mais.

Os momentos de lazer também são importantes na preparação para o vestibular

Os momentos de lazer ganham um sentido ainda mais especial para os jovens que estão na preparação para o vestibular. Relaxar a cabeça e descansar o corpo para enfrentar outra bateria de estudos é mais do que fundamental!

Como esses momentos longe dos livros são menores ao longo de um ano de vestibular, é preciso aproveitar cada minuto, e os pais podem ajudar a tornar esse momento ainda mais incrível. Seja fazendo um programa em família, seja saindo para um passeio, assistindo a um filme, conversando, realizando pequenas viagens ou preparando uma receita de que o filho gosta. Todas as ideias são bem-vindas para fazer o estudante se sentir mais descansado e motivado.

O período de muito estudo e preparação para o vestibular é super desgastante para os jovens, física e mentalmente. Por isso, os pais têm o papel fundamental de ajudar a mantê-los com a autoestima elevada e dar suporte emocional quando for preciso. Com essas dicas, temos certeza que o processo ficará ainda mais fácil.


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page